A Ciência do Colo

O que pensamos sobre o colo? Será que é costume mesmo? Ou tem algo por trás?
20 de Abril de 2018

A Ciência do Colo

IMG_5694.jpg

 

Frequentemente escutamos dizer que não devemos acostumar nossos filhos no colo, que o bebê que só dorme no colo está viciado ou mal acostumado ou que ele está manhoso. 

Tenho certeza que quem fala não imagina o poder de cura que o colo tem. 

Sabemos que a pele é o maior órgão do homem e também com maior concentração de terminações nervosas. As pontas dos dedos, sola dos pés, lábios, levam as mais precisas amostras sensoriais para nosso cérebro, fazendo-nos entender o mundo ao redor.

Estudos mostram que além da percepção sensorial a pele é responsável por respostas hormonais. 

O estresse causado por dor, traumas, medos entre outros leva ao aumento intenso do hormônio chamado cortisol.

Esse processo produz uma “memória” que nos leva a evitar situações parecidas. Quando alguém acalenta, toca, abraça alguém estressado o cortisol reduz significativamente. 

Quando oferecemos ajuda, conforto, suporte para alguém, o corpo produz ocitocina, conhecido como "hormônio do prazer".

Este hormônio facilita a confiança e nos faz “esquecer” situações ruins, fazendo-nos sentir muito melhor.         Não só emocionalmente, mas fisicamente, pois ele acelera o processo regenerativo das células. 

Pequenos toques na pele já disparam a produção da ocitocina.

Agora imagina aquele serzinho pequeno e indefeso, que não entende o mundo ao redor, que nunca foi tocado, sentiu frio ou calor. De repente é colocado num mundo cheio de estímulos, positivos e negativos, e a única maneira que ele sabe comunicar é o choro. 

Imagina que a única coisa que ele conhece é o batimento cardíaco e voz materna, porque devemos reprimir o colo e o toque e estressá-lo mais? Aumentar seu nível de cortisol se podemos ajudar a produzir ocitocina simplesmente ao colocá-lo nos braços??

E lembrem-se a ocitocina é produzida não só em quem recebe, mas também em quem oferece. E para as mães que amamentam, esse é o hormônio que atua na descida do leite!

Então só posso dizer uma coisa : Colo é terapêutico! Colo faz bem! E devemos oferecer em livre demanda! 

 

 

Gouin JP, Carter CS, Pournajafi-Nazarloo H, Glaser R, Malarkey WB, Loving TJ, Stowell J, Kiecolt-Glaser JK (Aug 2010). Marital behavior, oxytocin, vasopressin, and wound healing. Psychoneuroendocrinology, 35 (7): 1082–90

 

Komienko, O., Schaefer, D. R., Weren, S., Hill, G. W., & Granger, D. A. (2016). Cortisol and testosterone associations with social network dynamics. Hormones and Behavior, 80, 92-102.